FIFA irá instalar sensores na linha do gol na Copa de 2014

A Fifa confirmou nesta terça-feira que utilizará recursos tecnológicos na linha do gol nas partidas da Copa do Mundo do Brasil, em 2014. Depois de testar o "juiz eletrônico" no Mundial de Clubes do Japão em dezembro de 2012, a entidade decidiu expandir o uso no Mundial e na Copa das Confederações do Brasil.










A experiência feita no torneio vencido pelo Corinthians no Japão foi um marco no futebol, já que foi a primeira vez que a Fifa usou um recurso tecnológico para confirmar se foi gol ou não. Os sistemas usados foram o "Hawk-eye" e "GoalRef". No entanto, nenhum lance polêmico exigiu o uso dos sistemas.
Depois de uma implementação bem-sucedida de tecnologia na linha do gol (GLT), no Mundial de Clubes no Japão em dezembro de 2012, a Fifa decidiu usar GLT no Brasil da Copa das Confederações de 2013 e Copa de 2014, disse a Fifa em um comunicado.
A entidade ainda confirmou que a ideia é usar o Hawk-eye e GoalRef em todas as partidas do Mundial, portanto todos os 12 estádios receberão os equipamentos. O primeiros sistema determina se foi gol ou não através de câmeras espalhadas pelo estádio, enquanto o segundo coloca sensores nas duas traves e na bola, que mandam um aviso para o árbitro em caso de gol.
O objetivo é usar GLT a fim de apoiar os árbitros e para instalar um sistema em todos os estádios, enquanto se aguarda a instalação bem-sucedida, e pré-testes corresponder árbitro, completou a entidade.

A Fifa revelou também que poderá aumentar para quatro a quantidade de tecnologias que ajudem os árbitros. O terceiro sistema foi desenvolvido na Alemanha e já passou pelos primeiros testes e agora está sendo discutido seu licenciamento. O quarto sistema também é alemão e seus resultados serão conhecidos nesta semana.
Com diferentes tecnologias no mercado, a Fifa lançou hoje (terça) um concurso que estabelece os requisitos técnicos exigidos para as duas próximas competições no Brasil, disse a Fifa, que determinou que os sistemas Hawk-eye e Goalref também passarão pelo processo.
A seis sedes da Copa das Confederações (Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Recife, Fortaleza e Salvador) serão visitadas pelos fornecedores da tecnologia da linha do gol em março.
A Fifa sempre se mostrou contrária à utilização de qualquer sistema durante as partidas, mas a pressão cresceu após o polêmico chute do meia inglês Lampard durante a partida contra a Alemanha na Copa de 2010. O arremate do jogador cruzou a linha quando o jogo estava 2 a 1 para os alemães, mas o gol não foi validado e os ingleses perderam por 4 a 1.



Em 1966, na final da Copa do Mundo, o confronto foi entre Alemanha Ocidental e Inglaterra. A Inglaterra levou a melhor, vencendo por 3 a 2, com um gol extremamente polêmico de Geff Hurst, que bateu no travessão e quicou no chão. Os árbitros decidiram que aquela bola entrou, para desgraça do time alemão e, com isto, dando ao time inglês sua única vitória na Copa do Mundo de Futebol.

Segundo os sites uol copa/adrenaline

0 Response to "FIFA irá instalar sensores na linha do gol na Copa de 2014 "

Postar um comentário