O Sony Xperia E1 é um smartphone relativamente básico






O Sony Xperia E1 é um smartphone relativamente básico que conta com recursos interessantes, como TV digital, grande duração de bateria, suporte a dois chips, processador dual core, além de um preço atraente. O aparelho pode ser um bom companheiro para quem não precisa de um celular não muito potente para o dia a dia.O sinal de TV digital tem padrão 1-seg e a experiência de uso foi boa durante os testes do INFOlab. O aplicativo nativo de televisão, um dos poucos apps que acompanham o produto, funciona de forma simples. No primeiro acesso, o smartphone faz uma busca automática por canais acessíveis e os registra no histórico. O processo leva alguns segundos, mas só é preciso ser feito uma vez. Foram detectados 20 canais de VHF e UHF. Vale notar que canais pagos não podem ser visualizados no aparelho.

A bateria foi um item surpreendente. O Xperia E1 aguentou mais de 10 horas fora da tomada enquanto reproduzia vídeos com Wi-Fi e Bluetooth ligados. Contudo, essa marca deve ser menor durante o uso para reproduzir o sinal de televisão, já que esse processo é mais consumista, em termos de energia. Ainda assim, ele é um aparelho que não deve precisar de mais do que uma recarga a cada um dia e meio de uso moderado.
Design
O desgin no Xperia E1 é semelhante ao do Xperia M, com uma construção de plástico e um formato retangular. Contudo, ele não é um dispositivo tão sólido quanto os outros da marca e também perde para o Moto G, da Motorola, nesse quesito. A antena para recepção de sinal de TV fica bem escondida na lateral direita do produto e quanto estendida permite que o gadget seja usado na vertical ou na horizontal. A antena possui cerca de 11 cm de altura e pode ser dobrada.
O smartphone é leve e pequeno, entretanto, é mais espesso do que o Xperia M. Sua carcaça tem nuances mesclados entre o preto e o branco e detalhes prateados no logotipo e envolta da câmera traseira. Há um design diferente na saída de áudio com relação aos furos para o som se propagar. Há ainda um botão dedicado à música, que abre o app padrão Walkman, que fica localizado na parte de cima do celular e possui tons na cor roxa.
Sua ergonomia é boa, já que, assim como no Xperia M, conseguimos segurá-lo sem problemas devido ao tamanho que não é exagerado. Ele é mais arredondado do que os outros da família Xperia e isso deixa a movimentação do aparelho menos travada no uso cotidiano.

Bateria
O INFOlab se surpreendeu com a duração da bateria do Xperia E1 ao ponto de realizar mais de uma vez o teste de duração de bateria, que, por padrão, é feito reproduzindo vídeos com Wi-Fi e Bluetooth ligados. O primeiro resultado foi de 10h20 de autonomia de carga e o segundo foi de pouco mais de 10h. O curioso é que a capacidade da bateria dele é menor que do Xperia M, que durou, nas mesmas condições, 5h25.

Configuração
Por ser um smartphone de entrada, não possui configurações que se destacam em sua categoria, ainda mais por ser um dos modelos mais simples da linha Xperia, da Sony. O sistema é o Android 4.3 Jelly Bean, ele tem chipset da Qualcomm Snapdragon 200, 512MB de memória RAM, CPU córtex A-7 dual core de 1,2 GHz, 4GB de armazenamento interno (com suporte a cartão microSD) e uma GPU Adreno 302.
Entretanto, quem comprar esse aparelho também precisará adquirir um cartão microSD, já que a memória disponível para uso é quase incipiente. Uma biblioteca de mídia com algumas músicas e seriados já esgotariam o armazenamento disponível.
Outros recursos presentes no aparelho são a conexão Wi-Fi, GPS e Bluetooth. Sua conexão de som é via P2 e a troca de dados acontece por cabo microUSB.
Sua pontuação nos benchmarks foi bem semelhante à do Xperia M:.
Benchmark Sony Xperia E1 Sony Xperia M Sony Xperia C Gradiente Iphone C600
Quadrant Standard (pontos) 5543 4213 4691 5599
Benchmark - Neocore (fps) - - - -
AnTuTu Benchmark 12867 11087 13711 15059
Vellamo 1635 1748 1592 2110
3D Mark 4119 4284 3198 4916
Multitouch Tester 2 5 5 5

Usabilidade
A experiência de uso do gadget para áudio e vídeo foi boa, especialmente no aplicativo dedicado à TV digital. O uso só é prejudicado pela resolução da tela, que não é alta, mas está de acordo com o padrão dos dispositivos de entrada.
Como o gadget possui dois chips, há um recurso para conseguirmos administrá-los de acordo com a necessidade das ligações diretamente no menu Configurações do Android. Lá, é possível escolher qual será o chip usado para a conexão 3G e é possível que uma ligação seja encaminhada de um número de telefone para o outro para que o usuário saiba que há alguém tentando contato. Por exemplo, uma ligação que vem para um número da operadora X será encaminhada para o seu número na operadora Y e você será alertado de que há outra chamada a ser atendida.
O sistema Android conta com poucas modificações, exceto pelo visual da tela inicial e por um submenu dentro da dashboard de aplicativos que é acessada deslizando o dedo do canto esquerdo para o direito do display. Este último recurso permite personalizar mais facilmente a disposição dos apps no menu principal.

Câmera
O Xperia E1 não é um aparelho dedicado à fotografia. Sendo assim, sua câmera serve apenas para fazer registros cotidianos e em boas condições de iluminação. Ainda assim, as fotos têm resolução máxima de 3MP e não apresentam boa qualidade, perdendo neste quesito para o Moto G. Vale notar que o Xperia E1 não possui câmera frontal.
Os recursos pertencentes no aplicativo da câmera são: Reconhecimento automático de cena, Efeitos (nostálgico, miniatura, vívido, lente olho de peixe, cor parcial, caleidoscópio, rascunhar, harris shutter), captura suave, antidesfoque de movimento, correção de luz de fundo, Cena noturna, crepúsculo manual.

Considerações Finais
O Sony Xperia E1 é um dos mais básicos da fabricante. Ainda assim, o aparelho se saiu muito bem nos testes de bateria e tem um preço atraente, além da TV digital, um recurso relativamente raro atualmente. Quem precisa de um aparelho básico, com dois chips e não pretende usá-lo para jogar games pesados (com Candy Crush e afins ele se sai bem), pode fazer uma escolha acertada ao adquirir este produto.

Sony Xperia E1 tem suporte a dois chips, TV digital e custa R$ 549










Segundo o site info Fotos Divulgação

0 Response to "O Sony Xperia E1 é um smartphone relativamente básico"

Postar um comentário