Ferrari 250 GTO 1963 se tornou o carro mais caro do mundo




Uma Ferrari modelo 250 GTO 1963 se tornou o carro mais caro do mundo, ao ser vendido a um colecionador não identificado do estado de Connecticut (EUA), por 52 milhões de dólares (cerca de 114 milhões de reais), segundo informação da agência americana Bloomberg. O modelo de competição pertencia ao colecionador americano Paul Pappalardo desde 1974.
Apenas 36 exemplares da 250 GTO foram montados entre 1962 e 1964 para competir em corridas como a histórica prova de Le Mans (França). O modelo tinha motor V12, de 3 litros, com pouco mais de 300 cv, câmbio de cinco velocidades e chegava à velocidade de 280 km/hora.



Ferrari 1963 é o carro mais caro do mundo: R$ 114 milhões
A Ferrari GTO 250 de Paul Pappalardo, em exibição num festival em Silverstone, em 1998
A Ferrari GTO 250 de Paul Pappalardo, em exibição num festival em Silverstone, em 1998

Veja fotos de modelos da Ferrari GTO 250
Ferrari 250 GTO vence o GP da França em 1963, em Le Mans.
Ferrari 250 GTO vence o GP da França em 1963, em Le Mans.

Ferrari 250 GTO, um dos carros mais conceituados na história do automobilismo
Foto de uma Ferrari 250 GTO. O veículo é um dos clássicos da montadora italiana de luxo

Ferrari 250 GTO, um dos carros mais conceituados na história do automobilismo
Ferrari 250 GTO, um dos carros mais conceituados na história do automobilismo

Ferrari 250 GTO, um dos carros mais conceituados na história do automobilismo
Ferrari 250 GTO, de 1963, foi leiloada em 2010.
Um modelo semelhante alcançou o valor de US$ 52 milhões
Ferrari 250 GTO, um dos carros mais conceituados na história do automobilismo

Ferrari 1963 é o carro mais caro do mundo: R$ 114 milhões










Fonte: veja, noticias.bol Fotos: Divulgação

0 Response to "Ferrari 250 GTO 1963 se tornou o carro mais caro do mundo"

Postar um comentário

Produtos em destaque no site

Promoções imperdíveis!