Pesquisar

02/09/2014

Marina Ruy Barbosa só quer saber de Maria Ísis

Marina Ruy Barbosa só quer saber de Maria Ísis
Atriz fala com tranquilidade sobre o fim do namoro com Klebber Toledo, diz que amadureceu junto com personagens da TV e quer desafios também no cinema.






Publicidade
Com 19 anos e oito novelas no currículo, Marina Ruy Barbosa cresceu na TV, diante dos olhos atentos do telespectador. De criança-prodígio se tornou uma jovem com discurso maduro que tentava levar uma vida discreta e sem muitos sobressaltos até anunciar o fim do relacionamento com o ator Klebber Toledo. Escalados para a mesma novela, Império, os dois afirmam que ainda não se cruzaram nos bastidores e que vão encarar o reencontro de forma natural – apesar de não terem qualquer pressa de fazê-lo acontecer. Em entrevista ao site de VEJA, a atriz trata o namoro como algo que "deu certo, mas acabou" e conta que agora está com todas as atenções voltadas para sua personagem, Maria Ísis. "Todo fim é triste, mas a vida tem que seguir", diz. Confira os principais trechos da conversa:

Marina Ruy Barbosa só quer saber de Maria Ísis

Ísis é uma personagem que está ganhando força na novela e, imagino, na sua vida. Já pode ser considerado um divisor de águas na sua carreira? Acho que todos os personagens que fiz foram importantes. Mas o Aguinaldo me deu a Maria Ísis de presente no melhor momento possível. Acredito nessas coisas do destino. Era para ser assim.

Vocês duas têm alguma coisa em comum? Somos bem diferentes. Maria Ísis é muito impulsiva, já eu penso mais antes de fazer as coisas.

O término de seu namoro com Klebber Toledo foi uma dessas decisões bem pensadas? Sim. Comecei a namorar o Klebber aos 15 anos. Crescemos e amadurecemos juntos. Ele é muito especial para mim, sempre vai ser. O namoro deu certo, mas acabou... Todo fim é triste, mas a vida tem de seguir.

Você não retirou as fotos com ele das suas redes sociais, como é comum nesses casos... Acho isso uma bobagem. Nenhum dos dois se magoou, e sempre vamos torcer um pelo outro. O namoro faz parte da minha história e do que eu sou hoje também.

Ele foi seu primeiro namorado e por um período longo (três anos). Como é chegar solteira à vida adulta? Ainda não parei para pensar nisso.

Já são dez anos de carreira. Como você avalia sua trajetória até aqui? Amo meu trabalho, e fico feliz em permanecer no que escolhi para mim. Eu cresci, mudei - meus personagens também. Sou feliz e realizada por, aos 19 anos, já ter conquistado tantos sonhos.

Como você faz para dosar os lados menina e mulher da Maria Ísis? É uma personagem com uma história intensa, né? Uma menina nova, que se envolve com um homem casado, bem mais velho e, para completar, ela não tem uma família nada equilibrada. Mas eu cheguei no set de gravação segura de quem era a Maria Ísis. Vi muitos filmes e contei também com a ajuda de uma psicanalista, para traçar o perfil e o jeito da personagem. Claro que, aos poucos, a gente vai descobrindo mais e mais sobre ela. Confio muito na equipe da novela, segui todas as referências que me passaram, e me dei muito bem com o Alexandre Nero.

Publicidade
Você consegue se imaginar em uma situação parecida com a dela? Maria Ísis não tem uma vida muito própria – pelo menos por enquanto. Ela vive para o Zé Alfredo, não trabalha, não estuda... Eu não consigo, acho que cada um tem de ter suas coisas. Não dá para viver a vida de ninguém desse jeito, não é bom nem para o relacionamento.
Ficou com vergonha de gravar muitas cenas só de lingerie? Não rolou timidez em nenhum momento. Estudei muito para compor a Maria Ísis.

Existe alguma coisa que jamais faria por uma personagem? Não sei. Tudo depende da personagem e da equipe com quem você está trabalhando.
Sonha em interpretar algum papel, em especial? Tenho vontade de fazer uma vilã.

Pensa em investir também em cinema e teatro? Claro. Amo teatro. Já fiz um espetáculo com Charles Moeller e Claudio Botelho (7 – O Musical, em 2008), que foi algo único. Não tenho muita experiência no cinema, mas quero muito fazer. Tem alguns convites rolando, estou estudando, mas, por enquanto, tenho pensado só na Maria Ísis.
Se você tivesse de projetar sua vida dez anos à frente, como gostaria de se ver? Espero estar fazendo o que eu amo, que é atuar, com personagens cada vez mais intensos e que me desafiem como atriz.









Fonte: veja Fotos: Divulgação

Novidades

Produtos em destaque no site

Veja nossas sugestões de produtos