Homem é engolido vivo por uma Anaconda: Canal é alvo de protesto

Homem é engolido vivo por uma Anaconda: Canal é alvo de protesto
É absolutamente nojento e poderia matar a cobra, cujo o corpo da cobra não comportaria o comprimento do corpo de um homem.





O especial do Discovery Channel "Eaten alive", em que o naturalista Paul Rosolie é engolido vivo por uma Anaconda (irá ao ar nos Estados Unidos em 7 dezembro e, no Brasil, em fevereiro) é alvo de um abaixo-assinado na internet.

Mais de 20 mil pessoas protestaram no site change.org, pedindo o boicote do programa. Segundo o jornal "The Guardian", o canal deve fazer um pronunciamento sobre o movimento.

O abaixo-assinado afirma que o programa promove o "pior tipo" de abuso contra animais, "é absolutamente nojento e poderia matar a cobra, cujo o corpo da cobra não comportaria o comprimento do corpo de um homem".

Para os detratores, o programa reforça "estereótipos negativos de cobras, o oposto do que se imagina que o Discovery faria".
Homem é engolido vivo por uma Anaconda: Canal é alvo de protesto























Fonte: o globo Fotos: Divulgação

0 Response to "Homem é engolido vivo por uma Anaconda: Canal é alvo de protesto"

Postar um comentário

Produtos em destaque no site

Promoções imperdíveis!