Pesquisar

03/04/2016

Alzheimer: Como reduzir o risco em três passos

Alzheimer: Como reduzir o risco em três passos
Mudar o estilo de vida pode ser meio caminho andado para reduzir o risco de Alzheimer

O Alzheimer tem sido tema central na ciência com cada vez mais estudos a conseguirem alcançar resultados promissores não só na prevenção como no tratamento desta e de outras doenças cognitivas.
Mas a ciência não consegue ‘milagres’ sozinha. As pessoas devem cuidar de si próprio não só pensando na aparência física, mas também na própria saúde mental. Segundo o Huffington Post, mudar o estilo de vida pode ser meio caminho andado para reduzir o risco de Alzheimer. E os cuidados devem ser incluídos no dia a dia o quanto antes. Eis os três passos fundamentais a dar:

1. Alimentação saudável
A alimentação é a causa e a cura de várias doenças, e as mentais não são exceção. Segundo Rita Altman – vice-presidente do Memory Care & Program Services – a dieta mediterrânea é a mais eficaz na hora de preservar a saúde mental.
Os alimentos comuns neste tipo de dieta são aliados da boa memória e da criação de barreiras contra o declínio cognitivo. E os vegetais ganham destaque.

2. Exercício mental
A atividade é sempre importante para a saúde. Tanto a física como a mental exercem efeitos benéficos diretos nas pessoas, sendo a memória um dos aspectos que mais beneficia de uma vida ativa.
Estudar, ler, resolver quebra-cabeças e procurar saber sempre coisas novas são formas de manter o cérebro ativo.

3. Atividade física
Nos últimos meses, têm sido vários os estudos que apontam para um efeito positivo da atividade física na saúde mental, com o treino de força e levantamento de peso a ganhar destaque.
As atividades aeróbicas podem também ser boas aliadas na hora de estimular o hipocampo, a zona cerebral responsável pela memória e aprendizagem.












Fonte: noticiasaominuto  Fotos: Divulgação

Novidades

Produtos em destaque no site

Veja nossas sugestões de produtos